terça-feira, 2 de setembro de 2014

Armando: “Na minha gestão, nós vamos procurar convênios para a tevê pública”‏




Armando: “Na minha gestão, nós vamos procurar convênios para a tevê pública”

Iniciando a série de entrevistas do programa Opinião Pernambuco, da TV Universitária, com os candidatos a governador do Estado, Armando Monteiro (PTB) afirmou que sua gestão vai definir um orçamento para que a TV Pernambuco dê vazão a sua produção, ao mesmo tempo em que o governo seja capaz de captar recursos via convênios, com o governo federal. Ainda na sabatina, que durou uma hora, nesta segunda-feira (1º), o petebista listou uma série de propostas nas áreas de educação, interiorização do desenvolvimento, entre outros temas.

Armando Monteiro ponderou ainda, que em seu governo a TV Pernambuco vai ser um dos meios utilizados para difundir a cultura pernambucana para toda a população. Para tanto, o candidato argumentou que, ao definir o orçamento geral do Estado, vai destinar uma rubrica para a empresa estatal de modo a associar a manutenção da televisão pública ao compromisso de divulgar a produção cultural de Pernambuco.

Além de recursos estaduais, o candidato do PTB ao governo do Estado também afirmou que vai buscar verbas através de convênios com o governo federal. Um dos exemplos para captação de verbas é através da Agência Nacional do Cinema (Ancine), para a produção de vídeos em Pernambuco. “Na minha gestão, nós vamos procurar estabelecer convênios para a tevê pública. Há recursos federais que via convênios podem ser ampliados”, afirmou Armando Monteiro, na entrevista.

MAIS PROPOSTAS – Durante a entrevista, Armando também adiantou que seu governo vai buscar uma pactuação com o Poder Legislativo para que as emendas parlamentares que hoje são destinados para custeios de shows, sejam aplicadas para a construção de bibliotecas públicas e teatros municipais. Para tanto, o petebista lembrou que, enquanto presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), implantou o programa “Indústria do Conhecimento", no qual o Estado foi beneficiado com 35 bibliotecas.


segunda-feira, 1 de setembro de 2014

SESI ARARIPINA CONVIDA TODOS OS TRABALHADORES DAS INDÚSTRIAS PARA O DOMINGÃO DA INDEPENDÊNCIA !!!

 

Domingão da Independência!
Este evento será EXCLUSIVO para o trabalhador da indústria e seus dependentes.
Para comprovar o vínculo, solicitamos que os trabalhadores tragam para entrada no evento crachá ou contracheque.
 
Entrada GRÁTIS!
 
 

Armando fala sobre propostas na TV Tribuna‏



Armando fala sobre propostas na TV Tribuna

Assista aqui ao programa

O candidato a governador Armando Monteiro (PTB) foi o entrevistado da edição deste sábado (30) do programa Ponto de Vista, da TV Tribuna, apresentado pela jornalista Eliana Victorio. Em pouco mais de meia hora, Armando falou sobre temas como saúde, educação, segurança pública, interiorização do desenvolvimento e da política de valorização do servidor público.

Armando garantiu que vai ter uma relação de respeito com os servidores do Estado. “Há áreas em que há defasagem salarial. Vamos, então, trabalhar para corrigir estas distorções”, ressaltou, lembrando que os professores da rede de ensino estadual recebem o pior salário do País.  Segundo o Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Pernambuco (Sintepe), um profissional com 30 horas de aula por semana recebe R$ 1.336,67 por mês – na Paraíba, por exemplo, o piso é de R$ 1.679,08. “Vamos avaliar o Orçamento e definir o espaço para poder atender as demandas”,  enfatizou.

O candidato ao governo falou também sobre como o desenvolvimento deve ser interiorizado. “Setenta por cento dos investimentos estão na Região Metropolitana. O Estado parece que tem hidrocefalia – uma cabeça grande e um corpo pequeno”, comparou Armando, elegendo o polo gesseiro do Araripe como caso de uma experiência bem-sucedida que corre o risco de entrar em decadência caso providências não sejam tomadas. “Há problemas com o frete, que é caro, e com a queima da lenha. A cobertura vegetal vai se acabar se não criarmos uma nova matriz energética”, propôs.

Com relação à educação, Armando lembrou que o Estado não pode se esquivar da responsabilidade de ajudar os municípios a elevar o desempenho no ensino fundamental.  “A municipalização é uma realidade. O Estado tem que oferecer o suporte para melhorar a educação na base”, reforçou.


Armando prestigia romaria de Frei Damião, em São Joaquim Monte‏

 

Armando prestigia romaria de Frei Damião, em São Joaquim Monte

Dando continuidade à agenda de campanha neste domingo (31), Armando Monteiro (PTB), candidato a governador de Pernambuco, prestigiou a romaria de Frei Damião, tradicional celebração religiosa do município de São Joaquim do Monte, no Agreste do Estado. Ao lado do senador Humberto Costa (PT), do presidente da Agência Reguladora de Pernambuco (Arpe), Roldão Joaquim, de prefeitos e lideranças políticas da região, Armando foi bastante cumprimentado pelos fiéis.

Para Armando, que visita a romaria pela quinta vez, é um momento para renovar a fé, elevar as preces e celebrar a esperança. “Eu venho todos os anos e faço isso com muita satisfação”, destacou o petebista. Em um dos momentos, o pároco Pedro Antônio Filho, idealizador da romaria, aproveitou para abençoar o candidato.

A romaria de Frei Damião ocorre há 21 anos e celebra a memória de uma das referências católicas do Nordeste. Todo ano, mais de 160 mil fiéis, de várias regiões do Estado, visitam a imagem do frei para renovar a fé e se confessar na Paróquia de São Joaquim, a principal da cidade.




Armando e João Paulo arrastam mais de 20 mil pessoas em Santa Cruz do Capibaribe


Armando e João Paulo arrastam mais de 20 mil pessoas em Santa Cruz do Capibaribe

O município de Santa Cruz do Capibaribe foi palco do maior e do mais expressivo ato dos candidatos Armando Monteiro (PTB) e João Paulo (PT) até esta etapa da campanha eleitoral. Mais de 20 mil pessoas, todas vestidas com camisas vermelhas, se aglomeraram na Avenida Cesário Aragão, neste domingo (31), para dizer que votam na chapa completa da coligação Pernambuco Vai Mais Longe. Em um gesto de entusiasmo, os moradores carregam o petebista pelos braços até o comício. Armando agradeceu o apoio e sentenciou: “Sou candidato a governador por causa do apoio dessa cidade e do povo de Pernambuco”.

Armando destacou que a sua relação com Santa Cruz do Capibaribe e região não iniciou nesta eleição. O candidato a governador enfatizou que sua ligação com o município remonta da época em que foi eleito ainda para o primeiro mandato de deputado federal, em 1998.

Armando também lembrou que à frente do SENAI Nacional, realizou um amplo programa de investimentos em escolas técnicas que também beneficiou Santa Cruz do Capibaribe, que recebeu uma escola voltada o setor de confecções, principal vocação econômica da região. Armando também lembrou que ao longo de seus mandatos parlamentares contribuiu com a viabilização do Santa Cruz Moda Center – o maior centro de vendas de confecções do Brasil -, entre outras ações em prol do crescimento da região.

“Nunca vim aqui para cobrar impostos de ninguém. Pelo contrário, vim para plantar o progresso dessa região”, cravou Armando Monteiro, enumerando as suas propostas de governo. Na saúde, o petebista afirmou que vai integrar toda a rede estadual e criar clínicas para exames laboratoriais e de imagem. Na educação, Armando garantiu que vai dar atenção especial aos professores. Aos micros e pequenos empresários, o candidato enfatizou que vai prover o melhor ambiente tributário para ajudar no crescimento do setor.

“Quando vocês forem votar só peço uma coisa: a minha eleição só vai ser completa se o povo também votar em João Paulo para senador”, pediu Armando, arrancando aplausos da população.

Candidato a senador, João Paulo frisou que Armando Monteiro vai fazer um governo olhando para as necessidades do povo. “Vocês tenham certeza de que Armando vai olhar para o Agreste, para os micros e pequenos empresários, para a população mais humilde, enfim, para todos, sempre pensando o melhor de Pernambuco”, discursou o petista.

Eleito senador junto com Armando em 2010, o petista Humberto Costa (PT) defendeu o legado dos governos do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e da presidente Dilma Rousseff (PT). O parlamentar salientou a necessidade da manutenção do projeto nacional que vem mudando Pernambuco e o Brasil nos últimos 12 anos. “Pernambuco e o Brasil não podem voltar atrás e parar. Tem que eleger Armando Monteiro, João Paulo e a presidente Dilma”.





domingo, 31 de agosto de 2014

ESSA MERECE UM ALTAR SÓ PRA ELA !!!


Marina Silva jura que não usou o avião (POKÉMOM) que Eduardo Campos usava.

Essa senhora tá no lugar errado, ela devia estar junto com os "anjos" que já se foram.

Afinal, de quem era o jatinho que Eduardo Campos usava?

Aqui em nossa região, quando um carro não tem documentos, não aparece o dono, tá todo errado, a gente chama de carro (POKÉMOM)

EXTRA!!! - DEPUTADO FEDERAL JEAN WYLLYS CHAMA MARINA SILVA DE MENTIROSA



O deputado Jean Wyllys (Psol-RJ) reagiu, indignado, ao recuo de Marina Silva, que cedeu em seu programa de governo depois que ela recebeu um ultimato do pastor Silas Malafaia; "bastaram quatro tuites do pastor Malafaia para que, em apenas 24 horas, a candidata se esquecesse dos compromissos de ontem, anunciados em um ato público transmitido por televisão, e desmentisse seu próprio programa de governo, impresso em cores e divulgado pelas redes", disse ele; "É com essa autoridade, de quem agiu de boa fé, que agora digo: Marina, você não merece a confiança do povo brasileiro! Você mentiu a todos nós e brincou com a esperança de milhões de pessoas"
 
247 - O deputado Jean Wyllys (Psol-RJ) reagiu, indignado, ao recuo de Marina Silva, que, neste sábado, renegou seu próprio programa de governo, no que tange aos direitos de homossexuais. Marina voltou atrás, menos de 24 horas depois de divulgar seu programa, após ter recebido um ultimato do pastor Silas Malafaia (leia aqui).

Leia, abaixo, a mensagem postada por Jean Wyllys em sua página no Facebook:
 
Em "nota de esclarecimento", Marina Silva desmente seu próprio programa de governo e afirma que não apoia o casamento civil igualitário, mas uma lei segregacionista de "união civil". Vocês já imaginaram um candidato presidencial dizendo que é contra o direito dos negros ao casamento civil, mas apoiaria uma "lei de união de negros"? A nova política da Marina é tão velha que lembra os argumentos dos racistas americanos de meados do século XX. Contudo, o pior é que ela brincou com as esperanças de milhões de pessoas! E isso é cruel, Marina!

Bastaram quatro tuites do pastor Malafaia para que, em apenas 24 horas, a candidata se esquecesse dos compromissos de ontem, anunciados em um ato público transmitido por televisão, e desmentisse seu próprio programa de governo, impresso em cores e divulgado pelas redes. Marina também retirou do programa o compromisso com a aprovação da lei João Nery, a elaboração de materiais didáticos sobre diversidade sexual, a criminalização da homofobia e da transfobia e outras propostas. Só deixou frases bonitas, mas deletou todas as propostas realmente importantes. E ela ainda nem se elegeu! O que esperar então dela se eleita presidenta quando a bancada fundamentalista, a bancada ruralista e outros grupos de pressão começarem a condicionar o apoio a seu governo? Tem políticos que renunciam a seus compromissos de campanha e descumprem suas promessas depois de eleitos. Marina já fez isso mais de um mês antes do primeiro turno. Que medo!

Como todos sabem, minha candidata presidencial é Luciana Genro. Ela SEMPRE defendeu todos os direitos da comunidade LGBT e foi a primeira candidata na história do Brasil que teve a coragem de pautar esses temas no debate presidencial da Band. Contudo, ontem, quando consultado pela imprensa, apesar da minha desconfiança com relação à Marina, elogiei o programa apresentado pelo PSB (apenas no que dizia respeito aos direitos da população LGBT, já que discordo profundamente de muitas outras propostas neoliberais e regressivas nele contidas). Fiz isso porque acho que os posicionamentos corretos devem ser reconhecidos, mesmo que provenham de um/a adversário/a.

É com essa autoridade, de quem agiu de boa fé, que agora digo: Marina, você não merece a confiança do povo brasileiro! Você mentiu a todos nós e brincou com a esperança de milhões de pessoas.
 
 

MARINA SILVA FATURA R$ 1,6 MILHÕES E OMITE NOMES DE CLIENTES.



Ex-senadora Marina Silva tem uma empresa, a M. O. M. da S. V. de Lima, que foi registrada em 2011 e, desde então, realiza palestras; a receita acumulada é de R$ 1,6 milhão; Marina, no entanto, diz que não abre os nomes de seus clientes, porque seus contratos teriam cláusulas de confidencialidade; sabe-se apenas que empresa funciona ao lado do Instituto Marina Silva, que tem como uma de suas financiadoras Neca Setúbal, herdeira do Itaú e coordenadora do programa de governo da candidata socialista, que contempla, entre outras coisas, a independência do Banco Central; programa do Itaú prevê ainda a redução do espaço de bancos públicos, como Banco do Brasil, Caixa Econômica e BNDES, na economia.
 
247 - Desde que deixou o Senado Federal, em 2010, Marina Silva se tornou uma bem-sucedida empresária. Em 2011, logo depois de ficar sem mandato parlamentar, ela abriu uma empresa, a M. O. M. da S. V. de Lima, que tem suas iniciais e comercializa suas palestras.

Desde então, Marina ganhou R$ 1,6 milhão de clientes que pagaram para ouvi-la. No entanto, a ex-senadora, que concorre à presidência da República pelo Partido Socialista Brasileiro, decidiu omitir a identidade de seus clientes, alegando que os contratos possuem cláusulas de confidencialidade.

A revelação sobre a empresa de Marina foi feita em reportagem dos jornalistas Aguirre Talento e Fernanda Odilla, da Folha de S. Paulo (leia aqui). Ouvida, Marina alega ter assinado 65 contratos de palestras, desde que deixou de ser senadora. Mas não demonstrou intenção de revelar os nomes de seus financiadores pessoais.

Embora não tenha divulgado os nomes de seus clientes, Marina Silva montou sua empresa ao lado do Instituto Marina Silva, que digitaliza seu acervo e tem como doadora a empresária Neca Setúbal, herdeira do Itaú e coordenadora de seu programa de governo.

Influente sobre modos e atitudes de Marina, incluindo o ato de colocar ou não os óculos no debate da Band, Neca já concedeu uma entrevista em que anunciou medidas de um eventual governo Marina, como a independência do Banco Central. Outro ponto da agenda do Itaú para o País é a redução do papel de bancos públicos, como Banco do Brasil, Caixa Econômica e BNDES, na economia. Neca Setúbal tem também indicado nomes de operadores de mercado, como André Lara Resende, para um eventual governo Marina.
 
Numa entrevista concedida neste fim de semana, o senador Roberto Requião (PMDB-PR), que concorre ao governo do Paraná, se disse amigo de Marina Silva, mas afirmou ser impossível votar nela. "Para quê? Para entregar tudo ao Itaú?"

A revelação sobre a empresa de Marina é o segundo problema que ele enfrenta, desde que despontou na frente das simulações de segundo turno na eleição presidencial. Ontem, Marina recuou e desfez seu programa de governo, no tocante aos direitos dos homossexuais, depois de receber um ultimato do pastor evangélico Silas Malafaia (leia mais aqui).

Ao lado de Valdemar Filho Centenas de pessoas recepcionam Dra. Socorro Pimentel em Ipubí.


 Na foto: César Vicente, Valdemar Vicente, Dra. Socorro Pimentel, deputado Raimundo Pimentel e Valdemar Filho.

Ontem Foi mais um dia de demonstração de força e crescimento da campanha de Dra. Socorro Pimentel, a candidata a deputada estadual foi recebida na cidade de Ipubí ao lado do seu esposo o deputado estadual Raimundo Pimentel, pelo ex. prefeito Valdemar Vicente e os seus filhos: César Vicente e Valdemar Filho que disputou as últimas eleições daquela cidade e hoje se tornou a principal liderança política da oposição.
Valdemar Filho reunir centenas de pessoas e empresários, como: Manim Puluca, João do gesso Gomes de Matos, Vando Puluca, Josenildo da JG Peças, o Dr. Cláudio Rocha, ex-prefeito de Ipubí, para receber Dra. Socorro, além dos vereadores de oposição que também estiveram presente para reafirmar o seu apoio a candidata.

Valdemar Filho disse estar bastante otimista com a campanha de Dra. Socorro Pimentel. "A cada dia que passa recebemos mais adesões, várias pessoas vem de todos os recantos do município se juntar a nossa campanha espontaneamente, isso é muito bom, os vereadores de oposição estão afinados conosco, todo mundo aqui fala uma só língua e isso é o que precisamos para ter um bom resultado dia 05 de outubro" disse Valdemar Filho. 
Dra. Socorro teve mais uma vez a oportunidade de sentir de perto o carinho e o entusiasmo de centenas de pessoas que na oportunidade lotou a residência da liderança política Valdemar Filho.

Esse momento foi também para reforçar os compromisso e suas propostas de campanha para o fortalecimento e crescimento das cadeias produtivas em nosso sertão.
"O meu olhar vai está voltado para o sertão, as nossas necessidade serão prioridades vou lutar para que as ações do governo do estado chegue as nossas comunidades assim como fez o deputado estadual Raimundo Pimentel" disse Dra. Socorro Pimentel.
Depois dessa calorosa recepção, todos foram ao parque de eventos de Ipubí para assistir o Show do cantor Leonardo.
Vejas as fotos:

































 
 

“Onda Azul” de Armando colore o distrito de Bonança, em Moreno‏




“Onda Azul” de Armando colore o distrito de Bonança, em Moreno

A “onda azul” invadiu o distrito de Bonança, no município de Moreno, na manhã deste domingo (31). Ao lado da militância e de aliados, os candidatos a governador Armando Monteiro (PTB) e a vice, Paulo Rubem Santiago (PDT), visitaram a feira livre e o mercado público, conhecendo a realidade da comunidade. No local, Armando e Paulo Rubem também ouviram relatos de descaso do governo com a questão do saneamento básico e saúde e apresentaram propostas para fazer Pernambuco avançar ainda mais.

A caminhada durou cerca de uma hora e arrastou mais de mil pessoas, que ganharam a Avenida José Duarte Rocha até a feira livre. No comércio popular, Armando e Paulo Rubem ouviram muitas palavras de incentivo e declarações de voto da população.

Mas a caminhada não foi totalmente em clima de festa com a militância. Em diversos momentos, a população externou queixas com a atual administração estadual a Armando e Paulo Rubem. Foi o caso de Marcos Antonio Costa. Morador da comunidade Cidade de Deus, o vendedor de 34 anos disse que o saneamento básico é precário na região. “O mesmo cano que passa água também passa o esgoto. Isso é um absurdo. Há anos uma obra para fazer a ligação das caixas de coleta se arrasta, mas a Compesa não conclui”, desabafou.

O comerciante Severino Araújo da Silva, 61 anos, solicitou que Armando dê maior atenção à segurança pública no Estado, sobretudo em Moreno. Ele relatou ter sido vítima de um assalto há 4 meses quando saiu de casa para o trabalho. Para Severino, a sensação de insegurança é grande no Estado. “A gente sai de casa sem saber se volta. Quero que Armando dê um jeito nessa segurança por nós”, pediu.

Pedindo atenção do Estado sobre questões municipais, a moradora Deisiana Carla Barbosa da Silva, 26 anos, revelou a Armando o descaso da prefeitura com o Centro de Saúde Maria Cristina Souza Leão. Segundo ela, há anos o posto está fechado e a população de Bonança não tem um local para receber atendimento médico. “Quando precisamos, temos que correr para Vitória de Santo Antão para ser atendido. Senão, nós sofremos”, criticou.

Em seus discursos, Armando Monteiro e Paulo Rubem prometeram implantar políticas públicas para melhorar a vida das pessoas. Entre as propostas, está a ampliação da rede estadual de saúde, uma política de recuperação da malha viária e maior atenção na cobertura sanitária do Estado. Os candidatos também colocaram que, nesta eleição, a população precisa escolher a mudança com independência. “Está na hora do povo de Pernambuco substituir esse grupo que está aí, de forma independente”, cravou Armando Monteiro.  “A propaganda pode muito, mas na hora de governar, não faz muita coisa”, provocou Paulo Rubem.