Pereira & Carvalho

Pereira & Carvalho

quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

Armando Monteiro e Pimentel articulam recursos para Araripina com ministro da Saúde



O prefeito de Araripina, Raimundo Pimentel (PSL), e o senador Armando Monteiro (PTB) foram recebidos, nesta quarta-feira (18), pelo ministro da Saúde, Ricardo Barros.
 
Na reunião, o prefeito apresentou as principais demandas do município para melhorar a estrutura de saúde da cidade.
 
Entre os pleitos, estão a ampliação das unidades de saúde da família, implantação de centro de reabilitação e de um centro de especialidades odontológicas.
 
O ministro Ricardo Barros mostrou interesse e disposição para avaliar as necessidades e soluções para as demandas de Araripina.
 
Segundo o senador Armando Monteiro, Araripina é um polo importante no sertão pernambucano, uma cidade com 86 mil habitantes, que precisa melhorar o nível de atendimento à sua população.
 
"Nesse sentido, serei sempre um parceiro do prefeito e dos cidadãos de Araripina", afirmou o petebista.
 
O prefeito Raimundo Pimentel realçou que “Armando Monteiro tem papel importante nessa articulação essencial, de buscar recursos federais para nossa cidade, principalmente na área de saúde e infraestrutura”.
 
Nesta quarta-feira (19), eles devem se reunir com o ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho.
 
Blog Araripina Fatos em Fotos.
 

Mentira tem perna curta! A verdade sobre a reforma na Escola Luzanira Ramos



Blog Araripina Fatos em Fotos.

terça-feira, 17 de janeiro de 2017

Escolas municipais de Araripina estão em situação precária

Escola Luzanira Ramos - Fotos Paulo Elias

A Secretaria de Educação recebeu, na tarde desta segunda (16), o relatório completo do levantamento realizado nas escolas municipais de Araripina.
 
Foram vistoriadas 17 escolas e creches da sede, distritos e zona rural.
 
A vistoria técnica nos colégios verificou elementos estruturais físicos dos estabelecimentos bem como rede hidrossanitária, elétrica, além de questões logísticas e relação da população com as unidades públicas.
 
Entre as principais irregularidades encontradas estão a falta d’água, banheiros sem a menor condição de higiene, risco de desabamento do teto, ferragem e fiação elétrica expostas, além de cisternas quebradas e portas danificadas.
 
Os locais de armazenamento da merenda escolar também estão inadequados.
 
A danificada infraestrutura das escolas e creches municipais é mais um dos fatores que influenciaram os altos índices de evasão escolar nos últimos anos.
 
Ausência do transporte escolar e da merenda, além das paralisações dos professores por melhores salários aumentam a lista de dificuldades enfrentadas pela educação municipal e serão os maiores desafios da atual administração.
 
Confira as imagens.






 
Blog Araripina Fatos em Fotos.
 

quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

Relatório da Educação exibe situação precária das escolas municipais de Araripina


Possídia Carvalho - Foto: Bruno Rostand

A precária infraestrutura das escolas municipais de Araripina foi o tema central da coletiva de imprensa realizada nesta quarta-feira (11), pela secretária de Educação, Possídia Carvalho, e equipe, na Câmara de Vereadores.
 
O levantamento que foi feito nas escolas municipais localizadas na sede, distritos e na zona rural, apontou uma situação caótica da infraestrutura dos prédios que abrigam os alunos da rede pública.
 
Segundo o engenheiro civil Paulo Henrique Fechine, os problemas vão desde falta d’água até riscos iminentes de desabamento e choque elétrico. “As escolas têm sérios problemas estruturais como banheiros precários, ferragem e fiação elétrica expostas, cisternas abertas proliferando mosquito da dengue, risco de desabamento do teto.
 
Nenhum aluno está seguro em um ambiente assim”, lamentou.
 
Outro sério problema detectado nas vistorias foi a maneira inadequada de armazenamento da merenda escolar que causou diversos problemas de saúde aos alunos no ano passado.
 
De acordo com a secretária Possídia Carvalho, estes elementos, somado à falta de transporte escolar, atraso no pagamento do Fundeb 60 e 40 e as precárias condições das salas de aula explicam os baixos índices obtidos no IDEB e o alto nível de evasão escolar.
 
“Qual mãe de aluno tem confiança de deixar seu filho numa escola sem merenda, com falta de professores e riscos desde uma contaminação de dengue até o desabamento de um teto? Nós sabíamos que a situação era grave, mas confesso que é ainda pior”, destacou a secretária.
 
O FUTURO

Durante a coletiva, Possídia e sua adjunta Francisca Alencar, apresentaram aspectos que serão desenvolvidos para devolver a autoestima de professores e alunos da rede pública.
 
Serão executados programas de melhoria pedagógica para professores, acompanhamento nutricional da merenda escolar, abertura do Núcleo de Tecnologia Educacional para alunos e professores, rígido acompanhamento da qualidade do transporte escolar e outros.
 
“Não vamos fazer promessas mágicas, pois todos estamos cansados do mundo da fantasia.
 
O compromisso firmado é de muito trabalho e dedicação para que possamos elevar os índices educacionais, diminuir a evasão escolar e fornecer um ensino de qualidade para preparar os jovens para um futuro digno”, disse Possídia.
 
A coletiva de imprensa teve ainda a participação do vice-prefeito Bringel Filho, da advogada Joani Ferreira e da servidora Deusa e a presença dos vereadores da bancada de situação e representantes do SIMA.
 
Blog Araripina Fatos em Fotos.
 

Vídeo da Limpeza do Canal de São Pedro


Imagens Aérea: Paulo Elias

Blog Araripina Fatos em Fotos

quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

Prefeitura de Araripina inicia a limpeza do canal de São Pedro



A Prefeitura de Araripina iniciou nessa terça-feira, 11, a operação de limpeza e desobstrução do canal São Pedro que tem uma extensão de 9 km por dentro da cidade.
 
Sem a devida manutenção há muitos anos, o canal estava servindo como criadouro de mosquitos que são vetores de doenças.
 
Por isto, a secretaria de Obras e Infraestrutura iniciou o trabalho de limpeza das margens e desobstrução do canal e, ao término desta fase inicial, começara o processo de combate às larvas dos mosquitos que causam tanto incômodo à população de Araripina.
 
Logo no início do dia, o prefeito Raimundo Pimentel foi vistoriar a limpeza do canal São Pedro e determinar empenho total das equipes para finalizar o trabalho de desobstrução e iniciar a aplicação de produtos para evitar a proliferação de novos mosquitos.
 
“Esta obra é também uma importante ação de saúde pública, pois vamos combater a muriçoca que tanto incomoda as pessoas e também o mosquito aedes aegypti causador da dengue e febre chikungunya além dos vetores de calazar nos cachorros”, disse Raimundo Pimentel.

Blog Araripina Fatos em Fotos

terça-feira, 10 de janeiro de 2017

Mais uma "Herança Maldita" deixada pelo ex-prefeito de Araripina


Primeira parcela do repasse do FPM de Araripina tem seu valor descontado em mais de 2/3 (dois terços) em razão de débitos automáticos autorizados pelo gestor anterior.
 
Como se não bastasse os Restos a Pagar e outros débitos não processados deixados pela gestão passada, a primeira cota do FPM do Município de Araripina creditada no dia 10/01/2017, no valor bruto  de  R$ 1.250.125,20  sofreu  desconto  autorizado  pelo ex-prefeito de Araripina no valor de R$ 879.017,48 sendo a maior parte no valor de R$ 391.468,69 decorrente dos pagamentos de parcelamentos ao RFB/INSS.
 
Cujo termo de parcelamento teria sido feito pelo ex-prefeito ao apagar das luzes do seu mandato, causando dessa forma enormes dificuldades para a atual gestão do prefeito Raimundo Pimentel, que tem no Fundo de Participação (FPM) a principal fonte de recursos para pagamento dos salários dos servidores lotados na Sede Administrativa do Município (Prefeitura) e demais secretarias não gestoras, bem assim a manutenção dos serviços essenciais a serem prestados a população.
 
Abaixo mostramos o extrato bancário relativo a primeira cota do FPM de Araripina com os valores retidos referente: contribuições para o PASEP,FUNDEB,SAÚDE (descontos esses de natureza constitucional) e RFB/INSS (esses últimos, referente aos termos de parcelamentos firmados pelo ex-prefeito com autorização de débito automático nos repasses do FPM).
 
 
É dessa forma que o ex-prefeito deixou "redonda" as contas?
 
Redonda só se for de dividas para o novo gestor pagar!
 
É muita cara de pau desse cidadão dar declarações enganosas para a população que conheceu tão bem a sua péssima administração.
 
Blog Araripina Fatos em Fotos.
 

domingo, 8 de janeiro de 2017

QUASE 30 MILHÕES DE REAIS!!! A HERANÇA MALDITA DEIXADA PELO PREFEITO ANTERIOR


Quem pensava que o prefeito anterior ia deixar a prefeitura sem dívidas, quebrou a cara!
 
Os levantamentos preliminares da Secretaria de Finanças da Prefeitura de Araripina apontam para um déficit deixado pela gestão anterior de aproximadamente 30 milhões de reais, afirmou o secretário Sinval Ferreira na tarde desta sexta-feira.
 
Sinval Ferreira - Secretário de Finanças. Foto: Bruno Rostand
 
Existem atrasos na folha de pagamento de servidores ativos e aposentados, débitos com fornecedores, apropriação indébita dos recolhimentos previdenciários e pagamentos que foram agendados no último dia útil do ano (30/12) – ainda na gestão anterior – para serem realizados automaticamente no primeiro dia útil de 2017 (dia 02/01).
 
Na Secretaria de Educação existem débitos que somam R$ 6,5 milhões, com duas folhas de pagamento em atraso (novembro e dezembro).
 
Para exemplificar o descontrole das contas públicas feito pelo prefeito anterior, era necessário que as finanças da Prefeitura aportassem a mais cerca de R$ 1 milhão de reais por mês para pagar a folha salarial da educação (Fundeb 60 e Fundeb 40).
 
Uma rígida auditoria será feita para averiguar as irregularidades cometidas nos últimos quatro anos.
 
ArariPrev
No Fundo Previdenciário de Araripina – ArariPrev – o rombo passa de R$ 22 milhões. Não houve nenhum recolhimento para a previdência do servidor público de Araripina nos últimos quatro anos. Além do passivo, também ficou em atraso o total da folha de pagamento de dezembro e parte da folha de novembro gerando mais R$ 1,3 milhão em débitos.
 
O ArariPrev foi entregue em 2012 com saldo positivo de R$ 850 mil conforme afirmou o interventor de Araripina, Coronel Adalberto Freitas:
 
Ajuste das finanças

As contas públicas da Prefeitura e suas secretarias estão sendo analisadas pela equipe do prefeito Raimundo Pimentel.
 
Como medidas para garantir a estabilidade fiscal e os pagamentos referentes ao mês de janeiro, todas as gratificações foram retiradas e mais de 50 cargos comissionados foram extintos apenas na Secretaria de Educação.
 
Um exemplo disto, na Autarquia Educacional do Araripe – Aeda, a retirada das gratificações vai gerar uma economia mensal de R$ 40 mil reais.
 
A estimativa da equipe econômica da Prefeitura é que todas estas medidas causem uma economia mensal de R$ 350 mil reais que serão usados em áreas fundamentais como infraestrutura e saúde.
 
Blog Araripina Fatos em Fotos.
 

terça-feira, 3 de janeiro de 2017

Pimentel e equipe se reúnem com representantes do SIMA para expor situação financeira do município

 
O prefeito de Araripina, Raimundo Pimentel, convidou os representantes do Sindicato dos Servidores Municipais de Araripina – SIMA, para uma reunião no Gabinete da Prefeitura na tarde desta terça-feira, (03).
 
O objetivo do encontro foi apresentar a precária situação financeira das contas públicas e informar ao SIMA as primeiras ações que serão enfrentadas pelo governo.
 
 
Os levantamentos preliminares indicam que a administração anterior deixou débitos com folhas de pagamento dos servidores ativos, principalmente da área da educação e dos aposentados do ArariPrev.
 
Com este cenário desastroso, o prefeito de Araripina disse que estudará uma programação financeira para sanar os atrasos e garantiu que os compromissos assumidos a partir de janeiro deste ano serão devidamente honrados dentro do prazo legal.
 
A reunião teve a presença da Procuradora-Geral do Município, Priscila Bandeira, da secretária de Educação, Possídia Carvalho, e do advogado André Gusmão, além do presidente da Câmara de Vereadores, Evilásio Mateus.
 
O prefeito Raimundo Pimentel apresentou algumas ações iniciais que serão executadas como o recadastramento dos servidores e um levantamento da infraestrutura das escolas municipais.
 
O Plano de Cargos e Carreiras, o destravamento dos recursos para a conclusão das escolas nucleadas e o Estatuto do Servidor também foram alvo de debate entre Prefeitura e Sindicato.
 
Pimentel reforçou o livre e amplo diálogo com o SIMA e seus representantes e pediu apoio para que o Sindicato transmita a mensagem de que todos os esforços estão sendo feitos para organizar o funcionamento da máquina pública.
 
“Convidamos os representantes do SIMA para mostrar a precária situação que encontramos as finanças da Prefeitura e, com isto, reafirmar nosso compromisso de dar total acesso e transparência aos dados e informações. O Sindicato precisa ter conhecimento das nossas ações”, afirmou.
 
Assessoria de comunicação da Prefeitura de Araripina.
 
Blog Araripina Fatos em Fotos.